quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Afrodite

Por que fez tal sacrifício?
Desceu do Olimpo para viver em meio de tanta frustração
Não é para você um grande malefício?
Misturar-se assim a tanta imperfeição?

Mostra sua beleza como deusa
Mostra a sua soberania sobre toda e qualquer mulher
E mesmo sendo mortal não perdeu seu poder
E os homens enfeitiça como quiser.

Mortal divina
De corpo exuberante e de curvas minuciosas
Divina mortal
De corpo tão belo e de características tão preciosas.

Não é você uma bela ninfa?
Ou a própria Afrodite?
Deusa das deusas
E beleza igual não existe.

Deusa de tempos passados
Divindade desejada por homens e deuses
Musa inspiradora de antigos poetas
Cobiçada por muitos e muitas vezes.

Dentre todos os séculos
Sua beleza continua impecável
Pois o tempo apaixonado não teve coragem de atingi-la
E a livrou de um triste fim inevitável.

E agora, você foi minha inspiração
Surgiu em meus pensamentos como uma linda aparição
Honrou esse simples poeta quando me deu a missão de tentar decifrá-la
Honrado eu sou por ter a chance de adorá-la.


Pedro Maciel
02h10min AM
31/12/2008


um presentinho para voce dani... quando eu prometo eu cumpro!!!

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Vício

Você se tornou algo transitório
Um prazer entorpecente
Ao qual não sei se um dia me verei livre
Desse mundo eloqüente.

Uma salvação das minhas angustias
Escapismo dos meus pensamentos
Uma fuga melindrosa
Mas que afasta de mim os sofrimentos.

Um prazer passageiro
Uma vontade concretizada
Peço perdão a Deus por ser tão fraco
Por não enfrentar essa realidade tão amargurada.

Viajo em um mundo diferente
Onde minhas vontades se concretizam
E fujo da realidade eminente
Buscando um lugar onde minhas dores se amenizam.

Busco você onde tudo é possível
É o único lugar onde sei que posso tê-la
Viciado em um mundo que não existe
E esse vício ainda insiste...
É o único modo, a única solução
Viver em um mundo onde reina a imaginação.


Pedro Maciel
23/12/2008
11h46min AM

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Reflexão inusitada (e sem muito sentido...)

Procura compulsiva de alguém que procura a morte e que deseja viver. Procura a morte inevitável, porém vive a cada dia como se fosse o último. Nada faz sentido. Contradições repetitivas de alguém que possui uma mente equilibrada e centralizada.
Foge da morte por não conhecê-la. Medo. Busca a vida por não querer morrer. Foge do inevitável e busca o que não conhece. Sabe-se lá o que espera e devido a isso tem medo.
Sabe-se que o medo surge por não conhecermos algo e que esse medo aumenta por termos medo. O ser humano é fraco e sujeito a todas as influências externas e se deixa levar por ser fraco. A força utópica que o mortal procura há anos parece não lhe dar esperanças, pois o medo é mais forte do que tudo devido o ser humano ser pessimista por natureza.
Deve-se pensar se o certo é procurar essa tal força utópica ou simplesmente vencer o pessimismo e o medo que já é de natureza dos mortais.


Pedro Maciel

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

23 AM 2008: Um furacão de personalidades









Mais um ano se foi, e mais uma vez tudo muito rápido. Às vezes penso que deveria ter feito e falado coisas, deveria ter tomado certas atitudes, mas nada fiz. Agora já é tarde, o tempo não volta mais. Estive perto de mais de cinqüenta pessoas durante dez meses e agora só me resta fazer o que estou fazendo agora. Nessas próximas linhas vocês verão o que foram para mim durante todo esse tempo, o que pensava e o que penso de cada um de vocês...

Com quem começar... Ah!Sim, sim, Renata Mondêgo. Conheci ela em 2002 quando estava na 5ªsérie e lembro que ela vivi falando para mim de como foi quando ela me viu pela primeira vez: “...você com aquela camisa de manga comprida...”, e logo nos tornamos bons amigos, então veio 2003 e a 6ª série e ainda na mesma sala e compartilhando muitos momentos juntos. Em 2004 quando estávamos na 7ª serie, nos separamos e ficamos em salas diferentes e lembro que quando você escreveu em minha agenda, você disse que pensava que nossa amizade iria acabar. Que nada!! Ficamos ainda mais próximos ^^. Passou-se 2005, 2006 ate que em 2007 tivemos uma tarefa muito importante: vencer uma gincana, e o melhor de tudo foi que fizemos isso juntos! E vencemos!!! Momentos que nunca vou esquecer... e agora, estamos em 2008, 3º ano do ensino médio, o ultimo ano. Desde a 7ª serie separados e no ultimo ano nos juntamos novamente, nada por acaso...esse ano você esteve no meu lado como nunca e eu agradeço do fundo do meu coração. Maracutaias, brincadeiras (até um apelido! CACHAÇA!!!hehehe), momentos de conversa (de assuntos que muita gente duvida! aaa se a calçada falasse...^^), momentos que serão eternamente lembrados por mim. Muito obrigado, de verdade Renata. Eternamente, a oficial. Te amo demais!

João Batista... 2007. Tudo começa em maio, no mês das mães e nesse período ele estava na frente de uma coreografia para apresentar na festa. Não tinha nenhum homem pra dançar (ou seja, só ele!), só tinha ele e muitas mulheres!hehehehe e me empurraram pra dançar... no começo eu nem queria mas depois fui aceitando ate que comecei a gostar. Fizemos uma ótima apresentação e fomos aplaudidos de pé por todas as mães. Nunca vou me esquecer disso. Passou a ser meu parceiro de todas as horas, comecei a confiar em você cegamente e você continuou do meu lado sempre. E por ironia, ficamos na mesma sala nesse ano. Você foi um dos pouquíssimos que me ajudou no momento em que eu mais precisei de alguém do meu lado esse ano (você deve saber do que eu estou falando), eu te agradeço do fundo do coração. Amo você cara!

Luna Gandra. Um amor de pessoa, mas de um caráter explosivo! Nossa! Quantas briguinhas sem sentido, quantos “vai-te fuder” hahahahaha^^. Na verdade, nunca tinha visto ela no colégio, minto, já sim, algumas vezes, mas foi em 2007, no ano da GIBENF, que “começamos a ter contato”, nessa época eu odiava ela! É serio! Coisa de gincana... todo mundo se odiando (detalhe, como ela mesma disse, ela nunca me odiou!hehehe). E esse ano estudamos na mesma sala. É uma das meninas mais lindas que já conheci, podem ter certeza. Construir uma amizade muito forte com ela e ela se tornou uma das minhas razões de viver (só mesmo pra quem sabe dessa história). Luna é uma das poucas que consegue “me colocar na linha”, porque faço e falo algumas besteiras e ela sempre me dava bronca (e hoje vejo que aprendi muito com elas), brigando mesmo comigo!hehehehe. Sabe, você também marcou muito a minha vida e nunca esquecerei de você, pode ter certeza. Amo você!

Carina Andrade. Esse ano é a primeira vez que vejo ela (eu nunca contei isso pra ela^^). Nem em 2007 quando ela foi líder de gincana cheguei a notar. Mas foi nesse ano que as coisas mudaram, foi nesse ano que conheci uma pessoa que se tornaria no futuro uma das mais importantes para mim. Tivemos um ano conturbado e você sabe disso, distanciamentos freqüentes, brigas, discussões. Mas quero que saiba que jamais deixei da gostar de você, nunca mesmo! Cada “discussão” e conseqüentemente um distanciamento fazia com que a saudade aumentasse e gostasse ainda mais de você. Apesar de tudo que aconteceu, eu não me arrependo de nada do que fiz e do que falei e apesar de estarmos distantes de novo, não sei por que, ainda gosto de você e amo sua companhia. Obrigado por tudo! Pelo “otário”, pelo “chato”...por tudo! Você me fez mudar meu modo de pensar e agir, cresci um pouquinho por sua causa ^^. Obrigado, sinceramente. Amo você demais!

Francisco, o Chico! Nossa! Lembro de como nos conhecemos e lembro de tudo com muitas rizadas!hehehehe. 2006, mês de julho, quando eu ainda fazia Tae Kwon Do e ele chegou do nada querendo fazer algum esporte pra ganhar pontos do Jem’s! hehehehe, e conseguiu! Fez parte da seleção da escola, ganhou os pontos e ainda levou uma medalha! É...e agora em 2008 se tornou um dos meus maiores parceiros e esteve do meu lado no momento em que eu mais precisei de alguém (você sabe o que é), eu agradeço demais cara. Amo você cara!

Felipe, “The Lord” ^^. No começo eu não ia muito com a cara dele, mas depois que o conheci vi que era bem diferente do que imaginava. Com ele eu ri, chorei (você deve lembrar desse momento). Ele é o cara que me fez dar rizadas à beça e me fez rir quando eu achava que não era possível. Obrigado por tornar esse ano mais feliz. Amo você meu velho!

Camila Fernanda a “Suprema”^^.2002, 5ª serie, não falava muito com ela, mas sempre a admirei muito (além de achar ela linda!^^). Na verdade, nunca fomos de conversar todos os dias, aliás, tem dias que agente nem da uma “oi” um para o outro. Mas ninguém faz idéia de como ela me ajudou e me aconselhou durante esses 7 anos. Lembro que passava vários minutos no telefone com ela, conversando e conversando... nos não somos muito de ficar conversando mas quando conversamos temos sempre um ótimo papo. Confio cegamente nessa menina e sempre serei grato por tudo e me desculpe por ter feito você passar certas coisas esse ano (você sabe do que eu estou falando...), não fiz por mal, coisas do coração né? Obrigado mesmo. Te amo!

Carol. Acho que foi em 2003, se não for me corrija depois, ta? Gincana bíblica. Foi a primeira vez que eu a vi na vida, mas sinceramente nem prestei muita atenção^^. Depois se passou um bom tempo e só fomos nos ver novamente em 2006 quando ela entrou no colégio e começamos a estudar juntos. Estávamos no 1º ano. Nesse ano, bem no comecinho, senti uma quedinha por ela, coisa que ela só ficou sabendo esse ano. Sempre vi em Carol uma pessoa espontânea e cheia de energia, além de ter uma voz linda! Eu sempre a considerei a menina mais linda da sala e eu acho que ela nunca acreditou nisso hehehehe. Sempre do meu lado quando eu precisei e serei eternamente grato. Te amo!

Eltton, 2006, 1º ano. Nesse ano considerei esse cara como um dos meus melhores amigos (não que eu não considere mais viu?), confiei segredos, desabafos, malandragem, etc. Além de nos dois, tinha mais dois caras: Pablo e Marden. Nos quatro juntos fazíamos um grupo meio doido: Os 4 CACHORROS! É verdade! Mas como nem tudo dura pra sempre, Marden e Pablo foram para a manhã e sobramos apenas nos dois. Veio então 2007 e ainda juntos e aprontando muita coisa. E nesse ano, infelizmente, você tem que concordar, nos distanciamos um pouco, mas nunca deixei de ver em você um dos meus melhores amigos. Sempre muito espontâneo, alegre e cheio de graça. Obrigado por esses anos cara.

José e Lucas. Estudei com Lucas no Colégio Batista quando estávamos no maternal eu acho e nossos caminhos só se cruzaram de novo esse ano. Com José é a primeira vez que estudo. Sinceramente, não ia com a cara de vocês, de verdade. Não suportava. Mas aprendi com isso que nunca devo tirar conclusões erradas sobre ninguém em nenhuma circunstância e devo a isso ao aniversário que a nossa turma fez para Camila “Semanas”. A partir daí é que começamos a ter contato, depois vieram todas rezenhas e o interclasse para que nos pudéssemos nos aproximar mais. Valeu por tudo caras!

Dani. A primeira vez que a vi foi em 2004, quando eu estava na 7ª serie. Nunca estudamos juntos é que nessa época um amigo meu tava doido por ela e Camila “Semanas” que estudava na mesma sala que ela apresentou ela para ele (você deve lembrar disso). Via ela toda vez quando ia ao colégio de manhã, porque sempre estudei à tarde. A vi quando desfilou e ganhou, se tornando a Garota O Bom Pastor 2007. Nunca pensei que poderia estudar na mesma sala que ela e nunca me passou pela cabeça me tornar amigo dessa pessoa maravilhosa. Com o tempo me apeguei muito a ela e não consegui mais me separar. Compartilhamos segredos e sempre tivemos uma confiança mútua. Agradeço por sempre me entender quando ninguém entendia, por me acolher quando todos me deixavam tristes. Amo muito você, quero que saiba disso, de verdade.

Daynara, Artur, Ana Carolina, Eduardo e Tayane. É a primeira vez que estudamos juntos. Já tinha visto Carol algumas vezes no colégio e Daynara também, Artur nunca. Só fui mesmo ter contato com os eles quando passei uma parte do ano sentado na parte de atrás da sala, no chamado fundão! Achei Artur um cara divertido e sempre fomos de brincar um com o outro. Com Daynara, a aproximação aumentou devido ao interclasse desse ano, onde os meninos da sala treinavam as meninas. Com Carol foi um pouco diferente. Sempre que sentava atrás conversávamos e sempre tivemos um convívio muito bom. E com Eduardo não posso dizer que o conheci, pois que eu me lembre não cheguei nem a “bater um papinho” com ele e lembro das poucas vezes que perguntei algumas coisas e nada mais, porém nada, nem uma simples conversinha besta foi em vão. Sinceramente, eu nunca soube o nome de Tayane. Desde o começo do ano eu sempre a chamava de “a menina do celular”, devido ela sempre estar com o celular na mão (hora da aula, no intervalo...hehehe). Cheguei algumas vezes a falar com ela, mas nada de mais. Mas apesar de tudo amei conhecer vocês!

Marcelo. O Marcelinho! O conheci nesse ano quando comecei a freqüentar uma aula particular da Ilanna (quem não passou nas mãos dessa criatura!). Sempre fomos de curtir muito com a cara do outro e ele sempre me encheu o saco me chamando de uma coisa que eu não gosto (não vem ao caso agora! ¬¬), mas nunca me estressei com isso não. Valeu cara!

Kaliny. Já tinha visto ela no colégio antes. Mas foi nesse ano que começamos a ter contato. A menina do sorriso contagiante! Sempre com um jeitinho capaz de cativar qualquer pessoa. Desde que a conheci nunca fiquei triste do seu lado, pois sempre me fazia rir. Gosto muito de você! Foi um prazer conhecê-la!

Jorge, André Ramon o “índio”, Thiago “Balboa”, Saullu e Rodrigo. Jorge já estuda faz um tempinho e sempre na “B”. Nunca tive contato nenhum com ele, só mesmo esse ano. Com o “índio” foi diferente. Não sei ao certo quando ele entrou no colégio, mas sei que ele estava ano passado, pois o conheci no período da gincana. Nunca fomos AMIGOS, mas sempre tivemos um bom relacionamento. Nunca fomos de brigar ou discutir, sempre fomos de curtir muito. “Balboa”... deixa eu ver....Ah! Lembrei! Foi quando eu fazia futsal (na verdade nem lembro em que ano e em que serie foi) e ele fazia também. A primeira vez que eu o vi foi no treino em que Chicão escolheria alguns jogadores para treinar sábado e ele foi um dos escolhidos (detalhe: eu não fui!!hahaha) e lembro que ela tava todo de azul!hehehehe. Com Saullo eu não lembro muito bem. Cara, se eu estiver errado me desculpe, mas se não me falha a memória lembro que você tava no dia da festa junina de 2007 com um pessoal e teve uma certa confusão. Mas nem liguei muito para isso não. Lembro que já tinha jogado com Rodrigo algumas vezes em interclasses e sempre achei um ótimo goleiro. Desde a primeira vez que o vi achei: “esse cara é um daqueles nerds caladinhos e que só vivem estudando”. Me enganei. É um dos caras depravados e sem vergonha que já conheci (ta vendo como as aparências enganam?^^).Vocês são muito “gente boa”, foram peças fundamentais para que o ano terminasse com chave de ouro. Valeu!

Débora, Thátya e Rayana. Nunca na minha vida tive nenhum contato com nenhuma das três, na verdade nunca pensei que um dia estudariam comigo e sempre achei as três muito gatas!^^. Das três tive mais intimidade com Rayana a bela “índia” (mesmo que tenha sido bem no final do ano, aliás, nunca é tarde para conhecer mais uma pessoa, né?) e sempre notei que é uma pessoa muito engraçada e carinhosa também^^. Tem um jeito que adorei e podem ter certeza que é uma ótima companhia. Já com Débora, nunca cheguei a ter uma CONVERSA. E no começo do ano, confesso que não ia muito com a cara dela, mas vi que estava errado (de novo!) e percebi que é uma ótima pessoa. Thátya não foi muito diferente de Débora. Também não era muito com a cara dela, mas pude conhecê-la melhor no período do interclasse (incluo Débora também) e gostei pra caramba dela e o que me surpreendeu muito foi que no último dia de aula ela veio ate mim e me deu um abraço e me desejou tudo de bom. Não que ela nunca seria capaz de fazer isso, mas que ela não era obrigada a fazer até porque não tivemos um vinculo tão forte (eu te agradeço por isso^^). Valeu por tudo mesmo!

Camila Dias ou simplesmente “Semanas”, a menina da rizada engraçada. A conheço desde 2002 e nesse ano estudamos na 5ª serie. Sempre a achei super engraçada e sempre sentir um carinho muito grande por ela. Não me lembro se agente estudou juntos na 6ª serie (desculpa...^^), mas lembro que na 7ª serie, 2004 ela passou a estudar pela manhã e assim foi ate o 2º ano do ensino médio. E assim nos encontramos nesse ano e nos a aproximamos mais e até fizemos uma festa pra ela e foi um modo até de aproximarmos mais a nossa sala que até o momento estava um pouco desunida (cada um com seu grupinho e outras coisas mais...) e assim, unimos o útil ao agradável!^^. Amo demais você viu?Obrigado por tudo.

Larissa Góes. Eu precisava fazer um parágrafo só pra ela. Vocês devem estar perguntando o porquê disso, não é? Eu vou explicar. Conheço-a desde a 7ª série e desde que eu comecei a notar o seu comportamento vi certas coisas que eu não gostava. Exemplo? Vou dar um exemplo: brincar com a cara dos outros, até chegar ao ponto de deixar chateado ou triste. E assim foi até 2006 e neste ano ela teve uma vítima em especial (não vou citar nomes) e eu estive do lado desta pessoa todo esse ano e vi como sofreu, mas quero deixar bem claro que não foi apenas ela. Em 2007 não tive contato nenhum com ela, não que eu me lembre agora e nesse ano nos encontramos de novo. E o que eu percebi? Ela mudou um pouquinho... É! É verdade! Não brincava muito com a cara dos outros colegas de sala (todo mundo muda pra melhor). Ai vocês devem pensar: caramba! Ele só fala mal dela! Não irei falar só isso. Muita gente não sabe é que ela durante todos esses anos foi que mais me fez rir do que todos e qualquer um. E ela própria não sabe que foi ela que me ajudou indiretamente e sem perceber quando eu estava triste por algum motivo meio chato. Sempre muito engraçada e escandalosa (quem conhece sabe ^^)! E tenho certeza que não foi só a mim que ela fez sorrir e ainda fará muitos rirem. Obrigado de verdade!

Aquiman. Foi em 2006 que eu o conheci e sempre vi nele uma pessoa meio retraída. Sofreu muito nesse ano e em 2007 (só eu sei como foi!) e eu vi que ele precisava de alguém do lado. Briguei muito com ele, aconselhei, dei “puxões de orelha” para ver se ela mudava o jeito passivo de ser dele (deixava as pessoas dizerem e fazerem o que queriam para ele... :/). Aprendeu. Percebi que ele amadureceu e começou a se impor mais perante os outros nesse ano. Fiquei feliz ^^. Treinamos Tae Kwon Do durante 2 anos e aprendemos muito um com o outro. Sempre muito viciado em artes marciais e principalmente Bruce Lee (nunca parou de falar nele) e é claro fã número um de filmes, viciado^^! Obrigado por tudo cara, pois sei que quando o ajudava você me ajudava também ao perceber que nunca posso deixar ninguém na mão.

Jéssica Barros, Lysmara, Anny e Thamilys. A primeira vez que estudo com Jéssica, mas já tivemos contato antes desse ano por MSN. Não tenho vergonha de admitir, mas já levei um fora dela (não sei se você se lembra^^) e isso foi em 2005 quando pedir pra ficar com ela (cara...por MSN...só eu mesmo!!hahahaha) e lembro muito bem da resposta dela : “...é melhor sermos apenas amigas da net mesmo”. Cara isso foi uma facada no meu peito! (hahahahaha^^) E hoje lembro dando rizadas. Nesse ano não falamos nem o necessário um para o outro e sinceramente até pensei algumas vezes que ela não gostasse de mim e até hoje tenho minhas dúvidas...infelizmente. Lysmara foi um pouquinho diferente de Jéssica. Até que nos falávamos de vez em quando e até brincamos algumas vezes. Eu sempre a chamava de Xena, porque ela fazia o grito igualzinho e ela me chamava de Dipsy (até hoje não se porque^^). Conheço Anny desde a... não sei muito bem, mas acho que foi desde a 6ª serie que a conheço (se eu tiver errado me diga porque a memória falhou agora^^) e fomos bons amigos nessa época. A partir da 7ª serie, estudamos em salas separadas e só fomos estudar juntos nesse ano. Nos distanciamos, mas nunca deixei de sentir um carinho por ela (quero que saiba disso). Thamilys...sinceramente, só vi ela de verdade depois das férias de julho pra cá. E não ia com a cara dela desde então e isso durou Agosto, Setembro até o finalzinho de Outubro. Mas percebi que não ia levar a nada isso e fui deixando pra lá até que comecei a levar as brincadeiras dela na esportiva. Valeu por tudo!

Mateus, Andressa, Patrícia Gonçalves, Gyscleide, Vanessa. Thayslane, Raissa, Lanna e Diogo. Hum...que eu me lembre, comecei a estudar com Patrícia na 7ª serie e não éramos muito de conversar, aliás, nunca fomos. E foi assim por todos esses anos (2005, 2006, 2007), mas esse ano por incrível que pareça nos aproximamos mais (não vou dizer que NOS APROXIMAMOS, mas nos aproximamos sim...^^, entendeu?) e começamos a brincar mais um com o outro, conversar mais. Com Diogo, sinceramente não lembro em que série estudamos na verdade (desculpa, memória falhou de novo^^), mas nos encontramos de novo esse ano. Vou ser sincero, eu sempre achei estranho ele ficar filmando tudo e todos (foi mal Diogo =/) e acho que ele já deve ter me ouvido dizer isso algumas vezes, não sei, mas isso não faz ele ser uma má pessoa, ele é bem divertido ^^. Já com Mateus, Andressa, Gyscleide, Vanessa, Thaylane, Raissa e Lana eu tenho que admitir e eles concordarem que num tive vínculo nenhum esse ano com eles, não chegamos a conversar, nem bater um papinho sequer, mas sempre achei vocês muitos legais, podem ter certeza disso^^!

Brenda. Uma menina que eu também não ia muito com a cara, mas estava errado de novo. Essa é a primeira vez que estudamos juntos e só fui conhecer ela um pouquinho bem no final do ano. Um dia “me deu na telha” de adicionar ela no MSN e começamos a conversar um pouco e sinceramente, eu gostei do jeito dela (completamente diferente do que eu imaginava) e comecei a contar algumas coisas para ela, alguns problemas meus e ela também. Gostei demais dela e mesmo que tenha sido no final do ano, não me arrependo de tê-la conhecido. Te adoro viu Brendinha?^^

Daniel, Milena, João Ricardo, Vinícius o “Ceguinho”. Conheço Daniel desde a 7ª série. Tem gente que não acredita quando eu falo, mas ele já foi um dos caras mais nerd’s desse colégio (é verdade!), mas ele mudou e está hoje como todos conhecem: vagabundo todo( hehehehehe)! E tem uma coisinha que eu queria falar sobre ele, mais ou menos parecido com o que falei sobre Larissa. Uma coisa que eu num gostava nele eram algumas brincadeiras, de ficar zombando dos outros, etc. Teve uma vítima em especial em 2006, mas graças a Deus isso já passou. Mas sempre me fez rir e isso é que importa, pois todo mundo tem seu lado bom e ruim. É um dos caras mais cínicos que já conheci, podem ter certeza disso e de um censo de humor incrível! Hum... Milena... Não posso dizer muito sobre ela porque não nos falamos muito esse ano (é a primeira vez que estudamos juntos), mas de vez em quando nos fazíamos umas brincadeiras um com o outro. Conheço João Ricardo desde a 7ª serie e lembro que não falava muito com ele esse ano, nem na oitava, nem no primeiro ano e só fui mesmo me aproximar (acho que foi) no segundo ano. Esse ano ficamos mais próximos, pois sentamos a maior parte do ano perto um do outro lá na frente da sala. O chamado “urso” (apelido que Afonso deu a ele na 8ª serie) e vivo atentando ele com isso, mas acho que ele não liga. Com “Ceguinho”, foi diferente. Só fui falar com o cara de verdade no período do interclasse que foi nos últimos meses do ano, mas valeu a pena, pois ele é uma cara muito “gente boa”. Valeu mesmo!!

Camila Andrade a “Camilinha” e Daniele Abrantes. Eu conheci as duas esse ano. Das duas tive mais intimidade com Camila. Sempre muito alegre e espontânea. Sempre gostei muito dela, só não das horas que ela me batia (teve um dia que ela me deu um tapa na cara seguro minha gente!), porque doía muito! Com Daniele foi diferente. Não fomos muito de conversar e de bater papo, algumas vezes, raramente nos falávamos, mas sempre a achei uma ótima pessoa. Vocês vão ficar sempre no meu coração!

Bianca. Eu tinha que fazer um parágrafo só dela. Ela merece. E vou dizer isso tudo Bianca, porque não foi certo o que fiz e até hoje isso de certa forma me “atormenta” e a maior parte do que direi a maioria da sala já sabe (sinceramente eu nem sei como, mas até hoje não vejo uma forma mais correta de pedir desculpas pelo que fiz você passar). Nosso relacionamento foi um dos maiores motivos de conversas e perguntas da maioria da sala. Todo mundo querendo saber o que tinha acontecido entre agente, perguntas e mais perguntas. Até hoje nós não entramos em um consentimento, ela diz que me conhece desde a 4ª série e eu digo que foi desde a 3ª série, mas acho e ela está certa, então vou aceitar e por isso nos conhecemos há oito anos. No começo não nos falávamos e só fomos nos aproximar mais 8ª série, quando soube que ela gostava de mim. Daí começamos a ter um relacionamento mais forte e foi esse ano que dei a minha primeira “burrada” =/. Fiz você sofrer demais, eu admito e fico triste todas as vezes que lembro essa época. E por incrível que pareça você me perdôo, mas eu sempre senti que aquela ferida ainda não tinha cicatrizado. Então veio 2006 no começo do ano quando nos separamos e as vezes acho que você nunca acreditou no meu sentimento por você. Eu te amei de verdade e foi muito difícil ter feito aquilo. Depois disso nos distanciamos um pouco e ficamos assim por muito tempo. Nesse ano, não falamos nem o necessário e você pode não acreditar, mas eu queria muito voltar a ser seu amigo, mas não sabia como me aproximar de você. Quero deixar bem claro que você foi uma das poucas meninas e uma das mais importantes da minha vida, você marcou, de verdade. Te agradeço por tudo e espero que um dia possa me perdoar. Obrigado.

Euzenir. A conheço desde o 1º ano (2006) e sempre gostei muuuuuito dela. Em 2007 ela foi estudar pela manhã, mas isso não foi o suficiente pra que agente se separasse. Esse ano nos aproximamos mais e eu adorei isso! Sempre amei o jeito dela e esse ano que eu reparei certas coisas que eu nunca percebi que ela podia fazer, ai, ai, ai, ai, ai, (sem comentários..hehehehe). Amo demais você doidinha! Obrigado Zik!

Flávio “Macaco”. É primeira vez que nos estudamos juntos. Bem no começo do ano nos conversávamos um pouco e com o decorrer dos meses nós ficamos muito mais próximos. Muita gente acha impossível ser um louco por completo e ser um dos cara mais bem informados e inteligentes. É...muita gente não bota muita fé pelo jeito sem noção dele, mas vai conversar com o cara e você muda de opinião rapidinho. Um cara bom de papo e que te faz rir sem ao menos dizer uma palavra. Valeu cara, você foi e sempre será especial...UÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊ ^^.

Artur Franco, Cleyson, Kelvin e Rafael (o pessoal que saiu do colégio e não terminou o ano com agente). Conheci Artur esse ano e sempre foi um cara de personalidade muito peculiar. Sem nem ao menos querer fazia a sala toda rir. Lembro que todas às vezes nas aulas de João Pedro era uma palhaçada só (“Você não vai anotar a aula meu jovem...” e ele respondia “eu estudo pela apostila” hahahahaha^^). Sempre muito calado e na dele e não perturbava ninguém. Uma boa pessoa. Cleyson sempre foi de falar um pouco mais da conta^^! Às vezes achava nada haver o que ele falava e ficava assim às vezes sem saber o que dizer e ficava olhando para o nada, admito, mas não quer dizer que não gostava dele, era um cara legal. Conheço Kelvin desde 2006 quando ele ainda estudava no Dom Quixote quando treinávamos Tae Kwon Do. Estudei com ele esse ano (primeira vez) e não fomos de conversar apesar de nos conhecermos a alguns anos. Sempre gostei dele pra caramba, muito gente fina. Rafael o maior nerd da sala, o discípulo de Jacks (segundo Felipe ^^), nunca parei para conversar com ele e assim foi até o aniversário de “Semanas”, quando o pessoal fico doidão andando pelas avenidas e ruas, mas isso ainda não foi o suficiente para nos aproximarmos. Fui algumas vezes na casa dele e “batemos” um bom papo. Um dos caras mais inteligentes que já conheci, boto muita fé nele e sei que vai ser um grande profissional.

E foi assim. Mais um ano se foi e mais pessoas passaram por mim. Umas marcaram, outras nem tanto, mas marcaram de alguma forma. De um simples emprestar de uma borracha, de um lápis, um bom bate papo até um conselho valoroso. De alguma forma todos vocês participaram da minha vida e me fizeram crescer como pessoa. Mudaram meu jeito de pensar, agir, me ajudaram a amadurecer. Os seus defeitos, as suas qualidades me amadureceram, com certeza, pois acentuaram as minhas qualidades e fizeram sumir alguns dos meus defeitos. Muitos de vocês nunca mais irei ver, outros verei sempre, mas com certeza ficarão na memória, uma turma que curtiu, extrapolou, bagunçou, vacilou algumas vezes, mas se divertiu a beça. Agora, deixemos essa sala para outros que virão como os antigos fizeram, e com certeza deixamos para os futuros alunos da 23 AM a nossa marca. Espero que a turma de 2009 possa se divertir, aprender e deixar um legado tão incrível como nós deixamos. Neste momento, eu só tenho a agradecer a todos vocês por tudo que me proporcionaram. Agradeço por fazerem desse ano o melhor ano da minha vida. Muito Obrigado! Amo muito vocês!

Pedro Maciel

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Por um instante

Procuro alguém

Alguém que não me encha de amor

Mas alguém que me ame por um momento

Seja lá o momento que for.


Procuro alguém que não me encha de carinho

Mas que apenas me toque e me faça arrepiar

Que me embriague como o mais antigo e doce vinho

E que me deseje até tudo acabar.


Não procuro alguém que me faça juras de amor

Mas alguém que me fale loucuras

Que me deixe encantado e cheio de pavor

E que mesmo com os pés no chão me faça ir às alturas.


Procuro alguém que não me ame para sempre

Mas alguém que me ame em um instante

Não procuro alguém para a vida inteira

Mas alguém que seja minha eterna amante.


Espero alguém que me queira por alguns segundos

E que não queira transformar tudo em eternidade

Não alguém que me torne o seu mundo

Mas que me queira com toda vontade.


Espero tudo e não exijo nada

Mas tenho apenas um desejo

Algo forte e rápido como um relampejo

Algo que se torne bom e maldito

Algo que se torne um instante infinito.


Pedro Maciel

08/12/2008

15h43min PM

domingo, 30 de novembro de 2008

Não Precisa Mudar (Ivete Sangalo)

Composição: Saulo Fernandes / Gigi

Não precisa mudar
Vou me adaptar ao seu jeito
Seus costumes, seus defeitos
Seu ciúme, suas caras
Pra quê mudá-las?
Não precisa mudar
Vou saber fazer o seu jogo
Saber tudo do seu gosto
Sem deixar nenhuma mágoa
Sem cobrar nada

Se eu sei que no final fica tudo bem
A gente se ajeita numa cama pequena
Te faço um poema, te cubro de amor

Então você adormece
Meu coração enobrece
E a gente sempre se esquece
De tudo o que passou
Oooohh

Não precisa mudar
Vou me adaptar ao seu jeito
Seus costumes, seus defeitos
Seu ciúmes, suas caras
Pra quê mudá-las?

Não precisa mudar
Vou saber fazer o seu jogo
Deixar tudo do seu gosto
Sem guardar nenhuma mágoa
Sem cobrar nada

Se eu sei que no final fica tudo bem
A gente se ajeita numa cama pequena
Te faço um poema e te cubro de amor

Então você adormece
Meu coração enobrece
E a gente sempre se esquece
De tudo o que passou

Se eu sei que no final fica tudo bem
A gente se ajeita numa cama pequena
Te faço um poema, te cubro de amor

Então você adormece
Meu coração enobrece
E a gente sempre se esquece
De tudo o que passou

Não precisa mudar...

Ah, eu sei que não precisa mudar...

Não precisa mudar...

Não, não, Uuuuh!


Essa música me fez lembrar certas coisas...^^

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Como se você estivesse aqui...

09 de novembro de 2008 22:21 PM

Agora é noite. Mais ou menos dez e meia. Estou olhando a sua foto. Apenas te olho e mais nada posso fazer. Crio fantasias na minha cabeça, apenas fantasias...
Estou ciente que nada vai acontecer, sei que não adianta fazer nada, pois de nada valerá contar. Conheço você e sei que se eu contar você não me dará nenhuma chance. Amigos, nada mais que amigos (coisa que você certamente dirá se eu um dia contar a você, coisa que eu não irei fazer...=/), pensando assim meu coração se entristece ao perceber e ter certeza que não terei futuro com você. Nem tudo o que se quer na vida se pode ter, e sabendo disso minha dor se ameniza um pouco, me conforto...
Voltei a sentir o que um dia sentir por você. Talvez até mais forte. Você não faz idéia de como amar em segredo é ruim, muito ruim. Um sentimento que só emana de uma só pessoa, um sentimento em que não há retorno, reciprocidade. Reciprocidade, palavra que eu queria que se tornasse real, que acontecesse, mas, não irá acontecer, e eu que sou tão otimista! Otimismo... por mais que eu seja otimista, também sou muito realista. Realidade... saber que você nunca vai sentir o que eu sinto por você.
Você é tão linda. Talvez uma das meninas mais lindas que já cruzou a minha vida. É... tua beleza me cativa, seu jeito é tão peculiar e não me canso de te olhar. Às vezes olho demais e tenho medo que você perceba, porque sei que irá ficar estranha comigo.

14 de novembro de 2008 19:54 PM

Não sou uma pessoa que se conforma muito fácil com as coisas, mas nesse caso é diferente. Devemos lutar por tudo na vida e isso eu sei, mas o conformismo ganhou da esperança. É... esperança... “coisa” que eu não tenho já faz um tempo e devido a isso não vou lhe contar. Fico imaginando como seria se um dia você ficasse sabendo e confesso que acharia um pouco estranho. Saber que uma pessoa nunca vai sentir o mesmo por você é crueldade demais!!! Mas não uma crueldade com um propósito de machucar. E quem vai um dia impor que alguém ame você? Ninguém, ninguém comanda esse poderoso músculo, até suas batidas acontecessem sem o nosso consentimento! Batidas essas que ficam muito mais rápidas quando você está por perto.
Escrevo pensando em você, durmo pensando em você, faço quase tudo pensando em você. Às vezes acho um exagero, mas eu não consigo controlar, infelizmente. É a primeira vez que eu faço isso, nunca na minha vida eu deixei de tentar, de arriscar por alguém que eu gostasse. Algumas vezes conseguia, outras vezes “quebrava a cara” e fui assim, amando e amando...
Penso que sou um fraco e sem coragem de encarar o que a vida me coloca no caminho. Ela colocou você de novo no meu caminho e eu desviei de você com medo das conseqüências dos meus atos.
Amo você, amo sim. Você não me ama e eu entendo, a vida é assim mesmo (vivo dizendo isso!) e procuro aceitar que dessa vez eu perdi.
Escrevo para desabafar, escrevo porque preciso, escrevo tudo isso porque não tenho coragem de dizer a você.

Pedro Maciel

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Beleza enigmática

Tudo que quero agora é te dizer
Tentar ao menos decifrar a sua beleza
Beleza essa tão complexa de se compreender
Que só me traz dúvidas e nenhuma certeza.

Olho nos seus olhos e vejo
A força que eles transmitem
Transmitem a força de um intenso desejo
Desejo esse que seus olhos não me dizem.

Seu sorriso, muito mais misterioso
Seus lábios, instrumento desse mistério
Escondem algo como um exímio criminoso
E decifrá-los é o que eu mais quero.

Tua beleza é enigmática
De difícil compreensão
E até hoje tento decifrar
Esse enigma que enlouquece minha mente e meu coração.


Pedro Maciel
07/11/2008
09h30min AM

Para você Kaliana
TE AMO MUITO!

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Ciúme

Não faz sentido o que eu sinto
Não faz sentido o que eu quero sentir
Não faz sentido esse ciúme escondido
Sentido esse que eu quero fugir.

Não faz sentido eu querer esconder
Não faz sentido esse ciúme guardar
Não faz sentido eu não querer perceber
Perceber que você nunca vai me notar.

Não faz sentido querer esconder você do mundo
Não faz sentido não querer te olhar com outra companhia
Não faz sentido sofrer como um pobre moribundo
Sofrer assim pelo resto da vida.


Pedro Maciel
07/11/2008
09h23min AM

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Amor secreto

O passado voltou agora a ser presente
Não tive culpa, foi mais forte do que eu
Foi forte, insistente, envolvente
Um segredo que será eternamente meu.

A mentira esconde o que eu sinto
Disfarça o que eu quero demonstrar
E quando tenho a oportunidade, minto
E não digo o que realmente quero falar.

Quando passa por mim, fecho os olhos para não ver você
Respiro fundo e penso...
Mas minha cabeça e meu coração não entram em um consenso!
Mas sabem que não poderão te ter...

A razão e a emoção me confundem
Uma quer lhe contar
Sem o medo de arriscar
Outra quer esconder
Com medo de ter que sofrer
Tudo tão confuso...

E eu fico assim
Guardando tudo isso dentro de mim
E pretendo assim continuar
Para que você nunca possa nem ao menos desconfiar.

Vou guardar tudo dentro do meu peito
E por ser mais forte do que eu esse medo
Eu decidi que fosse desse jeito
Por isso resolvi te amar em segredo.


Pedro Maciel
04/11/2008
15h07min PM

Que vontade de te contar...

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Palavras para alguém especial


Tudo assim... tão inesperado. Nos conhecemos de uma forma comum e cultivamos a amizade de uma forma não tão normal. Me lembro eu que ficava bem no meio da sala e que só olhava você (não se assuste! Eu olhava todo mundo! Mania minha de tentar decifrar as pessoas antes de conhecer ^^). Me tornei seu amigo. Você passou a ser em tão pouco tempo uma das pessoas mais importantes da minha vida. Muita gente fala que eu me apego muito rápido e acham isso um defeito, mas eu não concordo, pois eu gosto de calor humano, de pessoas a minha volta, gosto de companhia.
Às vezes fico pensando... A vida é cheia de coisas ruins e pouquíssimas coisas boas. Já passei por muitos problemas, mas a Alguém lá em cima trouxe você pra alegrar a minha vida. Carina Andrade, as pessoas se tornam especias não pela forma de ser ou agir, mas pela simplicidade e profundidade que atingem nossos sentimentos, e foi dessa forma que você me cativou de um jeito que poucos conseguem cativar alguém. Eu tenho que agradecer por ter aparecido na minha vida. Eu penso que nada é por acaso e que tudo tem uma razão de ser e existir. Você sempre me tratou com muito carinho e atenção e eu só tenho a agradecer e os momentos que passamos juntos serão para mim inesquecíveis! Ai, ai...
Lembro muito bem que você sempre me chamava de “meu otário”, um jeito meio louco de expressar que você gostava de mim, mas eu gostava, loucura, mas eu gostava. Esse ano posso considerá-lo um dos melhores, pois conheci pessoas que se tornaram essenciais em minha vida. Você... é você mesmo!!! Você não faz idéia de como marcou e como ainda marca a minha vida. Simples atitudes suas passam a ter um grande valor para mim quando se trata de atitudes de afeto e carinho.
Como disse Mário Lago: “Gosto e preciso de ti. Mas quero logo explicar. Não gosto por que preciso. Preciso sim, por gostar.” Palavras que simplificam o tamanho do amor que sinto por você minha amiguinha.
Olha só como as coisas são... eu amo tanto de você que acabou se tornando uma das minhas razões de viver. Uma homenagem bem singela que fiz para as garotinhas mais importantes para mim. Meninas, mulheres que sempre estarão na minha memória, nos meus pensamentos, no meu coração.
E hoje você faz mais um ano de vida. Dezessete anos de pura emoção, eu suponho, e fico ainda mais feliz de ter feito parte de pelo menos um pouquinho da sua história, da sua vida. Deus me colocou em sua vida e Ele a colocou na minha e meu coração se enche de alegria nesse dia tão especial por poder compartilhar isso tudo com você.
Quero que tudo de bom se concretize e seus sonhos se realizem. Nunca deixe de sonhar, pois são os sonhos que fortalecem você como pessoa e te faz seguir em frente. Espero que com essas simples palavras você possa entender o quanto é importante e preciosa para mim.

Tenha certeza, eu sempre estarei do seu lado, mesmo de longe, te observando...

Te amo, incondicionalmente...

Para você...MINHA ETERNA RUIVA...



Pedro Maciel

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Voto inconsciente (crítica política)

É... o povo decidiu. O povo decidiu a partir de sua opinião o que é bom pra sua cidade. João Castelo ganhou a eleição para prefeito de São Luís. Mas o que realmente levou a população escolher Castelo como prefeito? Quem vai saber?!

Concordo que Castelo teve uma campanha, com posso dizer, bem mais forte do que o candidato Flávio Dino, começando pela tal música “Agora vai, agora vai, São Luís merece mais...”, música que me irritou profundamente em todo o período dessa eleição e que só de ouvir fica gravado na mente de qualquer criatura! Realmente a música é empolgante, mas, não tem lá muita coerência com o candidato.

Todos sabem a história de João Castelo. Sabem que teve vários cargos políticos e um deles foi de governador do Maranhão. Castelo sempre se dizia um ótimo administrador e em toda a sua campanha enfatizava a tal “experiência” que tinha e que ainda possuía. E essa “experiência” não impediu a demissão de muitos trabalhadores que sua esposa Gardênia executou durante a época que foi prefeita de São Luís, essa “experiência” é tanta que responde a vários processos trabalhistas até hoje.

Como uma população tão grande, pode ainda fechar os olhos e tapar os ouvidos diante de tanta coisa ruim? Como pode ainda o trabalhador dessa cidade votar em um homem com um histórico que venhamos e convenhamos, é um dos piores? No momento do último debate, no dia 24 de outubro, Flávio Dino pergunta para Castelo se é necessário que o candidato tenha uma “ficha limpa” para se candidatar para algum cargo e ele responde que sim, sem ao menos nem tremer a cara...

A população de São Luís nem faz idéia do que acaba de fazer. Muitos eleitores, amigos da minha família se vangloriavam dizendo a eterna frase: “Agora vai!”, como se tivessem certeza de que um grande futuro os aguardava com Castelo na prefeitura. Realmente, um grande futuro os espera, aliás, um grande futuro aguarda a toda a cidade e muitos irão sofrer pelo erro de outros.

Não posso garantir que o candidato Flávio Dino seria a melhor opção para a cidade, mas, em relação a Castelo...SEM DÚVIDA!!! A mesma coisa digo em relação à eleição para governador onde Jackson Lago e Roseana Sarney disputaram. Jackson nunca foi e nem será o melhor candidato, mas, no momento o único objetivo em comum que a maioria da população tinha e que Jackson soube usar muito bem para ganhar a eleição era acabar com a oligarquia Sarney, pelo menos dar uma freada.

Ninguém pôde ver que o melhor era impedir que tudo o que já ocorreu quando Castelo foi governador voltasse a acontecer se ele fosse prefeito. Toda cidade fechou suas mentes para a verdade e preferiram ver a mentira como se não tivesse outra opção, mas todos tinham!!! Esse é o problema. Ninguém teve uma mente critica e uma boa memória para perceber que o melhor não era Castelo.

Isso é muito triste. Serão quatro anos de uma grande incerteza. O trabalhador assalariado, o que realmente deveria se preocupar com o futuro, não se preocupou. A maioria das propostas de ambos os candidatos visavam à melhoria de vida dessas pessoas, mas, eles não souberam avaliar e um futuro de grandes provações está por vir. Serão eles que sofreram mais...

A população de São Luis está de parabéns!!! O Brasil, o nosso querido país é regido pela democracia, onde todos têm liberdade de expressão e pensamento e parece que não soubemos usar esse privilégio. Agora, só podemos esperar e ver o que vai acontecer. Poderia ter sido diferente, mas nós não quisemos assim...


Por Pedro Maciel


OBS: minha opnião expresso como eu quiser, OK?

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Linda demais

Você é linda
Um bom motivo para sempre querer te olhar
Você é linda
Um bom motivo para meus olhos sempre a seguirem ao verem você passar
Você é linda
E o seu sorriso me fascina a cada dia
Você é linda
E sua voz para mim é uma eterna melodia.

Você é linda
E em você vejo a perfeição
Você é linda
E te admirar é uma tarefa que nunca abrirei mão
Você é linda
E quando me olha me faz escravo de sua beleza
Você é linda
E quando a olho tudo ao meu redor tem muito mais clareza.

Você é linda
E tem a doçura de uma menina inocente
Você é linda
E tem um jeito que me cativa constantemente
Você é linda
E possui jeito incrível de mulher
Você é linda
E esse seu jeito esbanja como quiser.

Você é linda
E tremo quando seus olhos encaram os meus
Você é linda
E é umas das mais belas obras de Deus
Você é linda
E por ser tão bela não me canso de te apreciar
Você é linda
E sua beleza nunca deixarei de contemplar.


Pedro Maciel
19/10/2008
21h28min PM


Dedicado simplesmente a uma das mulheres mais lindas que ja vi em toda a minha vida...

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Desabafo necessário


Tenho uma vida boa. Não tenho o que reclamar. Aliás, tenho. Não que eu esteja aqui para reclamar, mas apenas para desabafar por meio dessas palavras o que vem me atordoando ultimamente.

Tenho amigos. Muitos amigos, e disso eu não tenho o que reclamar. Alguns se afastaram um pouco, outros se aproximaram mais. Uns estão mais do meu lado, pessoas que eu nem dava muita “bola” e que nem ligava muito, simplesmente porque valorizava mais os outros. Esse distanciamento para uns tem uma justificativa, para outros não. Eu entendo, os problemas atingem a todos, sem distinção, e acaba por afetar segundos, terceiros se tornando um ciclo vicioso, uma “bola de neve”. Às vezes, fico pensando... estou tão perto mais ao mesmo tempo tão longe, e isso me entristece muito. Muita gente diz que eu me afasto. Sempre fui de perceber tudo no “ar” e sei quando alguma coisa esta errada e o que me deixa mais intrigado é que meus amigos não dizem para mim o que realmente esta acontecendo mesmo eu sabendo que eu sou a causa de alguns desses problemas devido a umas atitudes erradas que eu cometo. E eles por não falarem muitas vezes me tratam mal e me evitam. Prefiro que as pessoas me digam tudo na “minha cara” e a partir daí depois de uma conversa tudo se resolve. É...mas sei que eu não sou ninguém para mudar o jeito de ninguém e principalmente dos meu amigos, até porque se me aproximei deles foi simplesmente porque me atrai pelas sua qualidades e soube entender seus defeitos. É... sempre fui de tratar muito bem os meu amigos e principalmente as do sexo oposto. Sempre tratei com muito carinho todas elas. As que me conhecem vão entender sobre o que eu estou falando e é pra deixar bem claro uma coisa: nem todos os meus carinhos são como muitas pensam, a maioria deles são os mais sinceros e sem segundas intenções e por pensarem dessa forma também se afastam. O que aconteceu antes já aconteceu, não irá mais acontecer, tudo mudou, nada será mais como antes, só quero é que esteja bem perto de mim, só isso! Será tão difícil entender?(indireta mais que direta...)

Uns me odeiam, por motivos muita das vezes desnecessários. Simples bobagens fazem com que pessoas não se entendam e não possam ter um relacionamento saudável. Muitos dizem que não ligam para o ódio dessas pessoas (eu mesmo admito que vivo dizendo isso), mas quem é que prefere ser odiado do que ser amado? Ninguém. Intrigas são feitas constantemente tendo como resultado “o não gostar de outros” ou simplesmente o ódio. Muitas intrigas e mentiras já foram feitas ao meu respeito e muita das vezes percebo olhares diferentes, pequenos cochichos até que uma nova novidade chega até os meu ouvidos: “estão falando de você”. Muitos dos meus amigos, antes de me conhecerem não gostavam de mim e tinham péssimas idéias ao meu respeito e logo depois de me conhecerem diziam “cara, pensava que você era totalmente diferente” ou “me diziam muita coisa sobre você, mas agora vejo que é diferente”. A verdadeira forma de se tirar conclusões sobre outras pessoas não é por meio do que ou outros dizem, mas sim pelo próprio diálogo. Não há maneira mais certa e sem erros do que esta.

Já me disseram várias vezes: “Pedro, como você conhece tanta gente? Cara você é muito popular!” é... quando ouço esse tipo de comentário, às vezes da uma certa vontade de rir, não por deboche ou coisa parecida, mas sim por não saberem o que realmente se passa dentro de mim. Mal sabem essas pessoas que meu maior medo, o maior medo da minha vida é ficar sozinho. Por isso não tenho distinção de pessoas, convivo com o gordos, magros, feios, bonitos, os isolados, os conhecidos e os ajudo em todos os momentos porque sei que um dia precisarei de cada um deles. Por esse medo que às vezes me assusta muito é que fico triste e por isso muitas vezes vou para o "fundão" por ter medo de ficar sozinho, procurando companhia e pessoas que conversem comigo e que me façam sentir aconchegado e que me façam rir. Atitude essa que não é muito entendida por alguns ou algumas.

É isso que sinto, é isso que sofro, é isso que ultimamente eu vivo... infelizmente.


Pedro Maciel.

domingo, 12 de outubro de 2008

Me deixo levar...

Sempre que olho você
Você me faz sentir algo
Algo repetitivo, porem único.
Único e prazeroso.

Cada beijo, uma sensação diferente
Um beijo forte e ardente
Doce, lento...
Rápido e violento
Um beijo caloroso e envolvente.

Você me faz enlouquecer
Cada toque seu faz meu corpo tremer
Você sabe como me ganhar
Tem seus truques para me conquistar
E eu sempre me deixo levar...


Pedro Maciel
.../07/2008 a 10/10/08
09h21min AM

sábado, 4 de outubro de 2008

Sensualidade

Você...
Um ser banhado de sensualidade
Jamais vi mulher igual
Que demonstrasse tal majestade.

Você é um sonho para muitos
Que nunca poderão te ter
E que apenas te desejam
Sem você perceber.

Você é tão provocante
E sabe usar tal poder
Tem uma presença marcante
E a usa a seu bel prazer.

Você tem uma olhar tão poderoso
Que encarar se torna uma tarefa quase impossível
Você tem em seu olhar um tom malicioso
E uma força que o torna irresistível.

Você sabe que possui uma grande poder
Até mais do que você imagina
E às vezes paro e ainda fico sem saber
Se é mesmo uma obra divina.


Pedro Maciel
04/10/2008
13h21min PM

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Últimas palavras

Passei por tudo na vida...
Então passei por você
Tão rápido, tão passageiro, que logo se tornou uma triste despedida
Mas, só tenho a agradecer...

Com você senti absolutamente tudo
Passei por momentos que nunca imaginei passar
Lembro que na maioria das vezes ficava mudo
E ficava parado a te olhar
Então, só te agradeço...

A vida me trouxe alguém especial
Para deixar sua marca em meu coração
Posso me considerar sortudo ou coisa e tal
Por você ter preenchido minha vida com tanta emoção.

Nunca te esquecerei
Ficará guardada eternamente em meus pensamentos
Por isso, guarde os carinhos que te dei
Eu te agradeço por ter sido meu alento.

A vida me trouxe alguém especial
Alguém que nunca pensei que iria conhecer
Alguém que me fez sorrir
E fez meu coração bater
Então, meu anjo, te digo com toda a certeza
A vida me trouxe uma surpresa
Eu te agradeço por ter me completado
E minhas últimas palavras são: Muito obrigado!


Pedro Maciel
26/09/2008
16h34min PM


ninguem nunca marcou minha vida como você...

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Antigos amantes

Estamos distantes
Eu não sinto mais você
Não somos mais como antes
Fui eu o culpado de tudo isso acontecer.

Tenho medo, muito medo.
A dúvida toma conta da minha cabeça
Agora eu não tenho mais nenhuma certeza
Certeza de que poderei te ter
Agora, nem sei mais o que poderá acontecer.

Tudo agora parece ser passado
E eu sei que eu fui o culpado de tudo isso acontecer.
Poderia ter sido tudo diferente
Agora, tenho que esperar e ser paciente.
Estamos tão distantes
Tenho medo de nos tornar-mos apenas antigos amantes.


Pedro Maciel
19/09/2008
09h40min AM

terça-feira, 16 de setembro de 2008

Perguntas

Por que sinto sua falta?
Talvez por gostar de estar na sua presença
E por você sempre acalmar a minha alma
Usando o seu calor, que me alimenta.

Por que não paro de pensar em você?
Talvez por medo de te perder
E a vontade de sempre querer te encontrar
Me faz sempre querer do teu lado ficar.

Por que será que amo tanto você?
Talvez pelo seu jeito de ser
E que me faz sempre querer me declarar
E nunca saber o que dizer.


Pedro Maciel
16/09/2008
08h07min AM

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Te olhar

Apenas te olho sem você perceber
Apenas te olho no intuito de te ver
Olho apenas por olhar...
Olho apenas para te apreciar.

Te olhar já se tornou algo normal no meu dia-a-dia
Se não te olhar por um segundo, eu não sei o que faria.
Basta apenas você passar
Que nada mais importa ao meu redor ou em qualquer lugar.

Te olhar já é o suficiente para mim
Te olhar de perto, de longe, enfim.
Não sei se um dia conseguirei desviar meus olhos de te
E sinceramente, nem quero.
Te olho apenas para te apreciar
Te olho apenas por olhar.


Pedro Maciel
08h00min AM
11/09/2008

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Eu e você

Era noite
O céu estava cinzento
Parecia que ia chover
Tudo estava frio
Ate você aparecer.

Eu, você...
Entre quatro paredes
Às vezes o silêncio
Outras vezes os prazeres
Parecia que o tempo tinha parado
E o arrepio em meu corpo se agravado.

Você, eu...
Tudo tão rápido e ao mesmo tempo tão devagar
Tua beleza e teu corpo faziam minha imaginação se aflorar.
Naquela noite, já não queria te deixar
Queria ficar do teu lado e esperar o próximo dia chegar.


Pedro Maciel
01/09/2008
09h33min Am

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Meninos e Meninas

Quero me encontrar, mas não sei onde estou
Vem comigo procurar algum lugar mais calmo
Longe dessa confusão e dessa gente que não se respeita
Tenho quase certeza que eu não sou daqui

Acho que gosto de São Paulo
Gosto de São João
Gosto de São Francisco e São Sebastião
E eu gosto de meninos e meninas

Vai ver que é assim mesmo e vai ser assim pra sempre
Vai ficando complicado e ao mesmo tempo diferente
Estou cansado de bater e ninguém abrir
Você me deixou sentindo tanto frio
Não sei mais o que dizer

Te fiz comida, velei teu sono
Fui teu amigo, te levei comigo
E me diz: pra mim o que é que ficou?

Me deixa ver como viver é bom
Não é a vida como está, e sim as coisas como são
Você não quis tentar me ajudar
Então, a culpa é de quem? A culpa é de quem?

Eu canto em português errado
Acho que o imperfeito não participa do passado
Troco as pessoas
Troco os pronomes

Preciso de oxigênio, preciso ter amigos
Preciso ter dinheiro, preciso de carinho
Acho que te amava, agora acho que te odeio
São tudo pequenas coisas e tudo deve passar

Acho que gosto de São Paulo
Gosto de São João
Gosto de São Francisco e São Sebastião
E eu gosto de meninos e meninas

Legião Urbana

terça-feira, 26 de agosto de 2008

Tédio

Estou aqui, calado
Nada me anima
Nada me chama a atenção.
A coragem é mínima
Estou de cara no chão.

Sem nada para fazer
Estou cansado de esperar alguma coisa acontecer.
Nada ao meu redor é interessante
Até o próprio tédio se torna entediante.


Pedro Maciel
06/08/2008
16h34min PM

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Deusa da noite

Lua que ilumina todas as minhas noites
Me mostrando sempre o caminho a seguir
Deusa da noite, as estrelas se curvam diante de te.
Mostra a tua soberania num céu escuro
Sempre quando cai o Sol eu te procuro.

Quando te perdes em meio as nuvens cinzas
Eu me perco entre as esquinas
Ávido a te procurar
Para ficar diante de te e te contemplar.

Minha deusa, não sou digno de dirigir a te o meu olhar.
Mas aguardo ansiosamente você me notar.
Sei que estou muito longe do teu reino céu.
E que lá jamais poderei chegar
Fico triste ao te ver partir
E logo espero pacientemente outra oportunidade para te servir.
Sempre quando o Sol cair.


Pedro Maciel
08/08/2008
06h57min AM

Poema dedicado a minha amiga Luna ^^

sábado, 9 de agosto de 2008

**SIGNO SAGITÁRIO**

Principal Característica: a expansividade
Qualidade: o otimismo
Defeito: a arrogância

Este o signo de Fogo, regido por Júpiter, mais intelectualizado e místico do Zodíaco. O símbolo de Sagitário poderia ser substituído por um ponto de interrogação, dado que tudo o motiva a estudar e a pesquisar mais.
Nunca está satisfeito com o que sabe, e para muitos a busca religiosa também é uma forma de questionamento.
Gostam de conhecer lugares novos, pessoas novas, tudo o que possa lhes trazer algum conhecimento. Seu estilo de vida é simplificado, ele prefere não se prender a convenções, e ter uma vida mais solta. É divertido, bem humorado, gosta de tornar alegre o ambiente ao seu redor, e raramente se comportam da forma adequada, pré estabelecida, porque são excepcionalmente naturais. Não dite normas a um sagitariano, ele provavelmente achará um meio de burlá-las. Só por farra, porque ninguém anda mais dentro da lei que ele.
Falar de um sagitariano seria falar de livros, de universidade, de viagens, de culturas diferentes, e principalmente de liberdade. Ele nunca se conforma com a rotina. São excelentes professores, comunicadores, advogados, religiosos, e se saem bem em qualquer profissão que os obrigue a viajar. São muito interessados na natureza e em geral amam os animais. Em geral se dá bem com todos os signos, porque sabe que pode aprender um pouco com cada um deles.
No casamento são fiéis, mas não constantes, e é comum que Sagitário se case mais de uma vez. Muitas vezes porque o casamento se torna insípido, ou porque o parceiro tenta prendê-lo, o que é um erro quando se trata deste signo.Combinam muito com seu próprio signo, para o casamento, mas sentem-se tolhidos com os signos de Terra. Como é o signo que mais atração tem pelo casamento, pode variar muito nisto, ora buscando um parceiro de Ar, ora de Água, mais velho ou mais novo, porque tudo é aprendizagem para ele. Mas se o casamento cair em rotina, ou ele sentir a dominação do parceiro, estará pronto para outra relação antes que o outro possa notar.
"A ti Sagitário, Eu peço que faças os homens rirem, pois entre as distorções da Minha Idéia eles se tornam amargos. Através do riso darás ao homem a esperança, e por ela voltarás seus olhos novamente para Mim. Chegarás a Ter muitas vidas, ainda que só por um momento; e em cada vida que atingires, conhecereis a inquietação. A ti Sagitário, darei o Dom da Infinita Abundância, para que te possas expandir o bastante até atingir cada recanto onde haja escuridão, e levar aí a luz.". E Sagitário retornou ao seu lugar
Sagitário é o signo simbolizado pelo centauro, metade homem, metade cavalo, e sempre portando arco e flecha. Isso nos fala muito sobre o signo. A metade cavalo é a vontade do sagitariano de ser livre, de experimentar coisas, de se aventurar, de correr, de sair. É a sua parte instintiva, enquanto a metade humana simboliza a razão. A maneira como Sagitário vai ‘reunir’ todas estas experiências que ele buscou. É um signo de alta intelectualidade, mas também de uma natureza fortemente instintiva, aventureira.
O sagitariano está sempre tendo que coordenar essas duas partes dentro de si. Se deixar apenas o seu lado instintivo dominar, poderá ser grosseiro, insensível, destrutivo e ávido por ‘coisas externas’. Porém, se deixar apenas a razão decidir, irá se ressentir da aventura e do estímulo de que necessita. Da liberdade que quer!
E como o sagitariano atinge o equilíbrio? Ele deve ser movido ao seu instinto de aventura, a sua vontade de experimentar coisas novas. Afinal, ele tem patas de animal, certo? Mas ele deve controlar isso com a razão, deve saber o que está fazendo. Se sair 'desembestado' por aí tornou-se 'animal' e perdeu a sua parte humana. É a sua parte humana que o faz pensar sobre seus atos.
Ainda examinando o símbolo de Sagitário, qual é a importância do arco e flecha para o centauro? É de suma importância e explica muito de sua psicologia. O arco e flecha são o 'álibi' para o sagitariano sair, passear, se aventurar. O que ele quer fazer é conhecer tudo, experimentar tudo, encantar-se com o mundo, mas seu arco e flecha dão um 'motivo' a isso, ele responde: irei caçar. E, de, fato, o sagitariano 'caça'. Ele tem sempre um grande objetivo em mente, e quando o atinge, atira a flecha. Depois disso, ele procura outro objetivo. Isso nos dá uma pista muito importante a respeito do sagitariano: ele está sempre se entusiasmando com algo, sempre buscando algo.
Agora vamos desvendar a psicologia do sagitariano. Sendo um signo do Fogo, o pai tem grande importância para ele. Ele provavelmente idealiza esse pai. Mas também sempre o vê distante de si. O pai parece envolvido com tudo que não seja o seu círculo próximo. A 'mente' - e muitas vezes o corpo - quase sempre estão em algum outro lugar. Ele também tem ideais. O sagitariano sente que o pai não se preocupa com coisas imediatas, não é um homem comum, de alguma forma. E a primeira coisa que o sagitariano persegue é a atenção desse pai, e também se encaixar no mundo dele - distanciando-se do seu - para ser aceito. Ele almeja experimentar essas coisas que o pai 'vê'. Ou melhor falando, ele almeja também 'ver' as mesmas coisas que o pai viu - e até ir um pouco mais além.
O pequeno sagitariano cresce, então, voltado para fora. Nenhum sagitariano, por mais caseiro que aparente ser, está realmente em casa. Nenhum se contenta apenas com o seu mundo imediato. Todos querem 'algo mais', que não sabem definir, mas sentem em seu coração.
Isso ocasiona um 'defeito' muito comum no Sagitário, que pode ser definido por 'santo de casa não faz milagre'. Ele se acostuma tanto a procurar as novidades longe de seu mundo, que quando algo novo acontece em seu pequeno mundo, ele custa a se dar conta. Vamos dar um exemplo simples. Suponhamos que a mãe do sagitariano diga: 'Você precisa fazer um esporte para canalizar toda essa agitação'. O sagitariano talvez não ouça. Mas quando um professor ou uma pessoa mais velha que ele admire disser a mesma coisa, ele irá prestar a atenção como se fosse algo novo e digno de ser ouvido. E muitas vezes o sagitariano faz isto sem ser dar conta! Este não é um signo ardiloso, muito pelo contrário, as pessoas de Sagitário são muito francas, com tudo.
Essa característica de buscar apenas o que está fora pode ser muito irritante para os que convivem com os sagitarianos, mas em compensação o seu otimismo mantém a todos motivados. Por estar sempre na busca de algo, sempre em movimento, o sagitariano é um otimista nato. Algumas de suas opiniões, por esse motivo, algumas vezes são exageradas. Quando um sagitariano descobre algo novo, ele realça aquilo com todo o colorido de que é capaz. 'Sim, mas este é mesmo o melhor livro que eu já li'. Sagitarianos não gostam de coisas 'medianas'. Ou algo é 'muito bom' ou não é.
Você não conhecerá nenhum sagitariano 'quieto'. Todos têm uma enorme sede de viver, de conhecer o mundo. E se ele não o faz isso fisicamente, faz por meio de leituras! Por que se diz que um dos defeitos do sagitariano é a arrogância? Porque, de alguma forma, ele está sempre 'um passo a frente' das outras pessoas. Sua enorme necessidade de conhecimento faz com que saiba das principais tendências, idéias, movimentos. Sua necessidade compulsiva de conhecer o mundo faz com que o sagitariano aprenda idiomas, absorva novas culturas. Por vezes, comparando-se com outras pessoas, mais paradas e menos exuberantes, ele pode se achar melhor. Pode ser algo muitas vezes inconsciente. Por exemplo, quando o sagitariano aprende algo, ele fica feliz, ele diz: 'eu sei'. Quando um virginiano, por exemplo, aprende a mesma coisa, ele pode ainda ficar em dúvida se aprendeu todo o conteúdo.
E também há uma verdade: o sagitariano realmente aprende muito rápido. Por quê? Bem, ele tem uma enorme facilidade em enxergar o quadro todo, em vislumbrar tudo! É quase uma 'esponja'. Ele sente que a ignorância irá prendê-lo no mundo, que só o conhecimento liberta, faz com que ele progrida e até passe a compreender tudo melhor. Como foi dito, inicialmente o sagitariano buscava compreender o pai. À medida em que vai crescendo, ele busca compreender o mundo. Todo sagitariano é um pouco 'filósofo' por esse motivo. Por ele ter conhecimentos variados, entender de muitas coisas, ele tem muitos ângulos para ver uma coisa só. Isso faz com que ele possa pensar melhor, enxergar melhor. No íntimo de cada sagitariano, existe uma grande ansiedade em descobrir a verdade. A verdade sobre tudo. Em outras palavras, ele quer 'saber tudo'.
Fala-se muito que o sagitariano pode ser excessivamente rude ou sincero. Isso ocorre porque o sagitariano valoriza muito o mundo 'ideal'. E no mundo ideal, não há mentiras. Em nome desse ideal, ele pode ser excessivamente sincero, e pode magoar as pessoas. Ele também valoriza muito a sua liberdade. Por exemplo, é quase impossível forçar um sagitariano a concordar com você se ele não sente isso. A sua liberdade de pensar, de ser, de agir é muito importante para ele. Nada irritará mais do que tentar prendê-lo, coagi-lo. Na verdade, isso significará quase a 'morte' para um sagitariano. Sua metade cavalo, livre e independente, irá se ressentir quase que fisicamente com relação a isso. É por isso se diz que a melhor maneira de afastar um sagitariano é tentar prendê-lo. Sua relação com signos mais dominadores poderá ser difícil por esse motivo. É impossível prender um sagitariano.
Agora mais um traço atribuído a Sagitário: a infidelidade. Por um lado, pode ser verdade. A sede que o sagitariano tem de experimentar tudo pode levá-lo a ter romances com várias pessoas ao mesmo tempo. Ele pode ser muito motivado por 'quantidade' ao invés de 'qualidade'. Mas a infidelidade não é um traço obrigatório, como se imagina. Se ele se convencer de que quer ficar com uma pessoa só, e se ela lhe oferecer estímulo e não tentar prendê-lo demasiadamente, ele conseguirá ser fiel. Tudo o que o sagitariano precisa é de estímulo. O par ideal para ele é uma pessoa alegre, múltipla, sempre interessante.
Afinal, o que é esse signo? Sagitário é a busca, a eterna busca, o eterno entusiasmo. Sem Sagitário, ninguém iria sair de sua comunidade, aprender coisas novas ou expandir a sua mente. Sagitário é o mais profundo anseio pelo crescimento, pela evolução. Filósofos, cientistas, astrônomos e visionários têm muito desse signo!

terça-feira, 5 de agosto de 2008

Lembranças não vividas

Lembro de tudo que vivi
Lembro dos amigos que conheci.
Lembro de todas as risadas
Lembro de todas as pessoas que por mim eram amadas.

Lembro das amizades que perdi
Lembro das bobagens que exigi.
Lembro das lágrimas que derramei
Lembro dos momentos que desperdicei.

Lembro do lindo amanhecer
Lembro das estrelas que brilhavam no anoitecer.
Lembro das várias brincadeiras
Lembro que me divertia de todas as maneiras.

Lembro das minhas viagens
Lembro dos exercícios e de suas vantagens
Lembro que sempre me arriscava.
Lembro das comidas que não gostava.

Lembranças e mais lembranças...
Lembro que nada disso aconteceu
Lembro que tudo isso sempre foi um sonho meu.
Lembro da vontade de lembrar
Lembro da vida que eu não soube aproveitar.
Lembro de não ter o que esquecer
Lembro das lembranças que nunca pude ter.


Pedro Maciel
03/08/2008
23h03min PM

sexta-feira, 25 de julho de 2008

Hoje sem você

Hoje acordo
Um dia como qualquer outro
Mas, com uma única diferença
Você não esta do meu lado
E isso é uma pena.
Parece que tiraram algo de dentro de mim
Nunca senti dor tão forte assim.

Estou sem você
E isso é muito triste para mim
Ando por ai e observo tudo em minha volta
E vejo que ate os pássaros cantam juntos!
Uma cena bem bonita de se ver
Mas do que vale uma bela visão se não posso dividir com você...

O céu esta azul, os pássaros cantam, lindas flores começam a desabrochar.
Mas nada disso importa
Tudo é cinza, sem cor
A bela paisagem se transforma em um ambiente de tristeza e de dor.
Porque estou só...
O mundo perde a graça, não há mais nada para se fazer
Simplesmente, porque estou sem você.


Pedro Maciel
12h22min PM
21/07/2008

domingo, 20 de julho de 2008

Em meu quarto

Sozinho em meu quarto
Deitado sobre a cama
Eu escrevo...
A escuridão do ambiente me assusta
A solidão me assombra
Palavras surgem em meu pensamento
Agora, eu escrevo assim...

Ascendo as velas
Suas pequenas chamas tentam vencer minha escuridão interior
O calor luta contra o frio que para mim é assustador
E mesmo assim, eu escrevo...

Um vento forte faz abrir a janela
Os papéis voam por toda parte
Apenas um fica sobre a cama
E com a luz da lua eu termino de escrever
Posso estar sozinho, mas a escuridão irá embora quando amanhecer.
Agora, eu escrevo assim...

Pedro Maciel
19/07/2008
10h38min AM

sexta-feira, 18 de julho de 2008

O veneno do escorpião

Certa vez, fui picado por um escorpião.
Seu veneno era tão doce e letal que fiquei sem reação.
O veneno percorria todo o meu corpo até o ponto de me dominar
Já era tarde, já não tinha como escapar.

Apesar de ser letal, o veneno não me matava
Pois a sua doçura amenizava a dor e me acalmava.
Era uma mistura de dor e prazer
Já não sabia se lutava ou se me deixava enfraquecer.

Certa vez, fui picado por um escorpião
Não... não tentei fugir
Na verdade, fiquei parado, nem tentei reagir.
Queria provar o seu terrível veneno
E mesmo sabendo que poderia me matar
Arriscando assim, a minha vida, que aos poucos poderia acabar.

Certa vez, me deixei picar por um escorpião
Sua bela e aterrorizante imagem me causava medo e admiração.
Talvez eu estivesse louco ao deixá-lo me atacar
Mas logo percebi que já era dependente e que logo o seu poderoso ferrão eu iria procurar.
Mas uma vez queria ser picado por esse escorpião.


Pedro Maciel
17/07/2008
18h25min PM


Esse será o último inspirado nesse pessoa que tanto amo... pelo menos eu acho, né?

quinta-feira, 17 de julho de 2008

Vida boêmia e poesia

Era uma vez uma pessoa
Um rapaz relativamente feliz, mas que vivia à toa.
Vivia uma vida que por muitos é considerada normal
Mas para ele era o oposto, normal... não...mas sim casual.

Por ele passaram muitas
De todos os jeitos, estilos e belezas
Cada uma com seus defeitos e suas grandezas.
Cada uma marcou de uma maneira diferente a vida desse rapaz
Mas tê-las para si por muito tempo nunca foi capaz.

Uma vida boêmia ele vivia
E cada mulher que por ele passava, inspiração para ele trazia.
Com elas ele riu,chorou, viveu
Mas a pessoa certa ainda não apareceu.

E enquanto não chega
Ele continua a procurar
E mesmo que demore a encontrar
Para ele não há problema, ele pode esperar
E enquanto isso com muitas ele irá se envolver
Até a sua musa inspiradora aparecer
Vivendo e vivendo sempre com uma diferente companhia
Vivendo uma vida boêmia e cheia de poesia.


Pedro Maciel
17/07/2008
11h55min AM

segunda-feira, 14 de julho de 2008

Frases para reflexão

SÃO FRASES REALMENTE BONITAS... MAS DE NADA SERVIRÃO SE NÃO FOREM DEVIDAMENTE PENSADAS E ANALIZADAS POR CADA UMA DE NÓS. LEIAM, UMA DESSAS FRASES CERTAMENTE SERVIRÁ PARA VOCÊ.

"A vida é sempre o resultado de nossa própria escolha."

"Ajude conversando. Uma boa palavra auxilia sempre." (pelo Espírito André Luiz)

"Não se julgue o mais infeliz entre os outros. Muita gente sofre em segredo, e talvez muito mais do que você." (pelo Espírito Luigi Santi Campo)

"Os irmãos que nos cercam são livres para pensarem ao nosso respeito, da mesma forma que somos livres para anotar-lhes o comportamento" (pelo Espírito Emmanuel)

"Aprendamos a suportar as dificuldades com paciência."

"Cada qual deixa na Terra a herança da própria vida."

"Lembre-se de que o mundo não foi feito apenas para você." (pelo Espírito André Luiz)

"Muito difícil viver bem se não aprendemos a conviver."

"Não critiques. A lâmina de nossa reprovação volta-se, invariavelmente, contra nós, expondo-nos as próprias deficiências." (pelo Espítiro André Luiz)

"Não exija perfeição nos outros e nem mesmo em você, mas procure melhorar-se quanto possível."

"O amor é ciência de sublimação para Deus e a felicidade para crescer deve dividir-se. Não há rupturas de laços entre os que se amam no infinito do espaço e na eternidade do tempo." (Francisco Cândido Xavier pelo Espítiro Emmanuel)

"O erro ensina o caminho do acerto e o fracasso mostra o caminho da segurança."

"O não de Deus hoje é sempre o nosso maior bem de amanhã."

sexta-feira, 11 de julho de 2008

Naquela hora

Naquela hora...
Troca de olhares...
Olhares quentes, fortes e vulgares.
Toques e caricias intensas...
Você arrepiava todo o meu corpo com apenas um toque dos seus dedos
Naquela hora se extinguiram a insegurança e todos os medos.
Você me encorajava a querer te ter ainda mais.

Naquela hora...
Naquela hora não pensava mais em nada
Apenas em você que me excitava.
Teu corpo junto do meu me deixava louco
Você me dominava pouco a pouco.

Naquela hora...
Naquela hora eram apenas você e eu
Foi um momento tão louco e incrível que ate o bom censo desapareceu.
Era você que eu queria
O problema é que eu sabia que o momento acabaria.


Pedro Maciel
12h52min AM
11/07/2008

quarta-feira, 9 de julho de 2008

Impulsivo, eu? Claro que sim!^^

Em toda a minha vida, eu sempre fui muito impulsivo, apesar de algumas vezes pensar muito (meus amigos que o digam!). Mas na maioria das vezes o impulso é mais freqüente. Quando coloco uma coisa na cabeça é muito difícil tirar e bota difícil nisso! Quando cismo com algo... ixi sai de perto!
Ultimamente tenho uma única vontade, e olha que essa vontade é bem antiga... uma qualidade minha: a PACIÊNCIA. Sou tão paciente que as pessoas às vezes se irritam com isso! Hahahahaha! Que contradição não é verdade? Uma pessoa impulsiva ser paciente. Me desculpem, mas nem eu mesmo sei explicar isso... coisa estranha né?¬¬
Pois é... ontem alguém me disse uma coisa: “Tudo que é proibido é mais gostoso”. Mas será mesmo que quebrar regras, desobedecer a leis e às vezes até fazer coisas sem que os outros saibam é realmente “gostoso”?
Rapaz... eu não sei para vocês, mas para mim é! E BOTA GOSTOSO NISSO!
Não gostou do que eu disse? O que posso fazer? Sou assim mesmo, impulsivo, fazer o que?
VIVO A VIDA PERIGOSAMENTE E GOSTO MUITO DISSO.


Pedro Maciel.

sábado, 5 de julho de 2008

Demônio Angelical

Possui uma aparência que encanta
Em seu rosto lindo um ar de superioridade esbanja.
Seu andar faz bater mais forte meu coração
Você me seduz, depois me ignora sem compaixão.

Seu olhar se fixa em direção a mim
Crio esperanças, mas logo as perco, sendo tomado por uma tristeza sem fim.
Suas perfeitas mãos me tocam de forma tão delicada
Mas logo se afasta de mim, enojada.

O que quer de mim demônio angelical?
Quer acabar comigo com sua presença fatal?
Que me usar a teu bel prazer?
Sabe que é mais forte que esse frágil ser...
Por isso não tem piedade de me usar
Me envolvendo com teus belos braços
Que mais parecem grilhões a me escravizar.

Demônio angelical...
Por mais que eu tente fugir de você
Por mais que de você eu tente esquecer
Você me encontra, me ama e odeia com crueldade.
Você sempre será minha senhora e eu seu escravo por toda a eternidade.


Pedro Maciel
11h31min AM
05/07/2008

sexta-feira, 4 de julho de 2008

Tentação

um poema feito quando eu tava bem inspirado hein?

Não me tente, ó menina.
Com essa beleza divina
Não me tente, que eu enlouqueço.
E dos pudores esqueço.

Há tempos que eu sonho com teu beijo
E o tempo só faz aumentar meu desejo
Sua boca... Ah sua boca! Boca de sedução
Que acaba causando em mim calafrios com tanta provocação.

Não me tente, ó menina
Com tua beleza divina
Não me tente, não me provoque.
Para que um desejo ainda maior dentro de mim não invoque.

Pedro Maciel
04/07/2008
21h 29 min

Homem em forma de contradição

esse é um poema que uma das minhas melhores amigas fez para mim e eu amei demais!!!
dêem só uma olhadinha....

Ora homem,
Ora menino.
Quando quer um Deus
Mas que sabe se fantasiar do que quiser.

Rodeado,
Amado,
Por mulheres,
Algumas belas,
Outras nem tanto...

CHeio de carinhos,
Cheio de malícias,
Olhares...Olhares sedutores,
Palavras,
Palavras encantadoras..

Se entrega aos sentimentos,
Tal como menino...
Mas tem seu corpo de homem,
Um corpo tal tentador...

Chama-te Pedro.
Pedro Maciel,
Um dos melhores amigos de Cristo,
Vi porque herdastes tal nome
Assim que começamos a nos conhecer...

Amigo bom amigo,
Adoro nossas conversas
Tu me acalmas quando mais preciso.

Amo?
Amor de amigo,
Amor de irmão...
Apesar de tantas.
Apesar de tudo...

Sempre assim,
Meu amigo,
Meu irmão.
Te amo ;)

Luna Gandra.

quinta-feira, 3 de julho de 2008

Mulher dos cabelos de fogo

Mulher dos cabelos de fogo...
Incandescentes, que parecem chamas incontroláveis.
Capazes de causar sensações nunca imagináveis
Cada movimento, uma chama liberada.
É o calor que sinto com a sua chegada.

Teu cheiro...
Tão sensível e ao mesmo tempo tão poderoso
Que me hipnotiza e me faz quere beijar o teu corpo gostoso
Teu corpo, um perfume tão doce exala.
Teu cheiro embriaga, minha razão se abala.

Teu corpo aumenta meu desejo
Me saciar das minhas vontades é o que eu almejo
Já não suporto ver a tua boca tentadora
Sem poder beijá-la de forma avassaladora.

Mulher dos cabelos de fogo...
Teu calor me atrai de forma delirante
Já não consigo fugir das tuas curvas insinuantes
Agora, à vontade só aumenta.
Me entrego totalmente a teu corpo, que me esquenta
Quero me queimar no teu fogo eterno...

Pedro Maciel
18h39min PM
03/07/2008

quarta-feira, 2 de julho de 2008

AMIGOS

Sabe... Hoje eu fiquei pensando (coisa que eu faço até demais! ^^)...
Mas hoje foi diferente. Foi algo mais... mais...como posso dizer...mais interessante. Pensei nos meus amigos. Não aqueles que fico de vez em quando, mas aqueles que compartilham comigo momentos inesquecíveis! Ah... meu amigos...seres tão preciosos, tão indispensáveis na minha vida, que tornam cada instante insubstituível.
Varias pessoas se acham auto-suficientes e dizem que podem viver às custas de se mesmo, mas isso não é verdade. São essas pessoas que movidas pelo orgulho, se afastam do resto do mundo e deixam tudo passar. Nada na vida volta. Como disse uma vez uma pessoa que não me vem na memória agora (surto de amnésia... ^^): “é impossível recuperar o tempo perdido, pois ele já passou, não tem mais volta...”. O certo é não desperdiçar os que estão por vir e aproveitá-los com as pessoas que mais amamos: os amigos. Não descarto a família, de jeito nenhum, pois como já é confirmado sociologicamente, a família é o alicerce da vida em sociedade, sendo, portanto, muito importante. Mas como não falo de família nesse texto... voltemos...
Amigos de verdade são poucos, já parou para pensar nisso? São poucos, porém grandes! Uma vez uma amiga minha chamada Camila, escreveu em minha agenda uma frase que eu nunca esqueci ate hoje: “Às vezes palavras não expressam tanto, todavia quando se diz amigo damos uma qualificação parecida a ser demais, mas tudo que é demais sobra e tudo que sobre é resto. Então só posso te dizer que és de menos, pois tudo que é de menos faz falta e tudo que faz falta é RARO! Assim como você!”
Um punhado de palavras sinceras e de grande valor.
Dedico essa frase a todos os meus amigos que amo tanto, que estarão sempre bem guardados no meu coração.

Pedro Maciel

terça-feira, 1 de julho de 2008

viver...

Viver... o que realmente seria viver...
fazer o que der na "telha" sem se preocupar com as consequências? pensar muito antes de tomar alguma atitude? quem vai saber?
A vida até hoje é uma icógnita para toda a humanidade, saber o que fazer, o que não fazer...
Realizar sonhos, alguns dizem, mas se a vida fosse apenas de realizações de sonhos muitas pessoas seriam infelizes, pois nem tudo o que queremos na vida pode se realizar, trazendo muitas frustrações. Outros dizem que é arriscar, tomar decisões pensadas ou não, mas se a vida fosse apenas arriscar, traria também muito sofrimento, pois atitudes sem o devido raciocínio e horas de reflexão causaria problemas das mais diversas gravidades, sem muitas vezes ter volta.
O que é a vida?
Eu vou responder: a vida é sonhar e arricar. Claro, elas as vezes podem trazer coisas não muito boas, mas do que seria da vida, do que seria de nós meros mortais sem o abençoado sofrimento?
Sem sofrer não iríamos crescer, não saberíamos o que é viver de verdade. Viver apenas na alegria não nos faríamos ser nem a metade do que somos hoje.
Viver é sonhar. Viver é arriscar. Viver é sofrer. Viver é crescer

Pedro Maciel